2



Como o espaço interplanetário é um meio homogêneo a luz se propaga em linha reta, por isso os planetas e satélites (como a Lua) possuem sombra (cone de sombra da Lua).



Aqueles que se encontram na pequena região sobre a Terra encoberta pela sombra (umbra) da Lua assistirão o eclipse solar total, ou seja, verão a Lua encobrir totalmente o Sol, e a escuridão prevalecer.

Aqueles que estiverem na região encoberta pela penumbra (muito maior que a umbra), assistirão o eclipse solar parcial.


Anualmente podem ocorrer de dois a cinco eclipses solares, mas a região da superfície da Terra que a sombra da Lua cobre é relativamente pequena, por isso temos que ter a sorte de estar nesta região quando o fenômeno acontece.

A fotografia tirada do espaço mostra um eclipse solar sobre o México. 

Os eclipses solares acontecem com a Lua na fase nova, em que se encontra entre o Sol e a Terra.


As fases da Lua correspondem a como a vemos iluminada pelo Sol a partir da Terra, enquanto gira esua órbita em torno do nosso planeta.